Agende seu Atendimento Virtual pelo Departamento Jurídico do Sepe nos fones: (21) 99992-4931 (9h às 11h); (21) 97133-7101 (13h às 15h); ou pelo email: juridico@seperj.org.br – segunda a sexta feira

A Secretaria de Combate à Discriminação Racial do Sepe realiza na próxima sexta, dia 11 de maio, seminário com o tema: "130 anos da abolição incabada".

Os debatedores serão o advogado Marcelo Dias e a professora e escritora Clarissa Lima.

O Seminário ocorrerá no auditório do Sinpro Rio (Rua Pedro Lessa, nº 35).

Logo após o debate ocorrerá o show com o Grupo Afrotelúricos, a partir de 13h, na Cinelândia. 

0

Publicamos abaixo, a solicitação de direito de resposta da direção e comunidade escolar do Colégio Estadual João Alfredo à moção de repúdio aprovada na última assembleia da rede estadual (dia 5/5) no Clube Municipal:
 
Os membros da comunidade escolar do Colégio Estadual João Alfredo pedem um posicionamento do SEPE-RJ e direito de resposta, a respeito de informações que foram distribuídas na última assembleia do sindicato (05/05/2018). As quais acusaram a direção do colégio de estar explorando trabalho não remunerado, ao convocar um mutirão de limpeza, que aconteceu no mesmo dia da reunião do SEPE.
 
Logo, queremos esclarecer os seguintes fatos: o mutirão de limpeza do Colégio Estadual João Alfredo partiu da iniciativa voluntária da comunidade escolar, esta composta por alunos, professores, funcionários, responsáveis e também ex-alunos; e não sendo procedente a informação de que foi uma proposta da direção ou mesmo de qualquer outra esfera ligada a SEEDUC, para a substituição de postos de trabalho.  
 
Ao pensarmos nesse projeto pedagógico, tivemos o intuito de promover o sentimento de pertencimento de toda comunidade escolar. Afinal, quando você se reconhece como fazendo parte de algo, consequentemente, você passa a ter zelo e interesse pelo mesmo.
 
Sendo assim, o mutirão de limpeza não foi direcionado a sanar problemas estruturais da SEEDUC, mas sim despertar em todo corpo escolar o exercício de cidadania.
 
ATENCIOSAMENTE,
 
Grace Clea Campelo Matos Falcão
Diretora Geral – 09120437
 
CE João Alfredo
0

Os profissionais das escolas municipais de Duque de Caxias decidiram realizar uma greve de 72 horas a partir desta terça-feira (dia 8/5). A decisão foi tomada em assembleia realizada no dia 03 de maio, depois de uma vigília na prefeitura, quando uma comissão da categoria foi recebida em audiência pelos secretários de Fazenda e de Governo. Como as respostas da prefeitura não foram satisfatórias, a plenária decidiu fazer uma greve nos dias 08, 9 e 10 de maio. Veja o calendário de greve:

dia 08/5 – corrida às escolas e reunião do comando de greve, no Sepe, às 18h;

dia 09/5 – corrida às escolas;

dia 10/5 – Conselho de representantes às 9h, e assembleia geral, às 13h, no Clube Belém, com ato público no Centro de Caxias após a plenária. 

Veja a pauta de reivindicações:

– salário em dia de ativos e aposentados;

– pagamento do 13º já;

– calendário de pagamentos;

– reposição e reajuste salarial;

– retorno dos direitos retirados com a promulgação da Lei Municipal 28565/2017 (vulgo "pacote de maldade");

– liberaçãoimediata das aposentadorias;

– garantia de 1/3 de planejamento;

entre outras reivindicações constantes na pauta entregue ao governo.

 

 

 

0