Agende seu Atendimento Virtual pelo Departamento Jurídico do Sepe nos fones: (21) 99992-4931 (9h às 11h); (21) 97133-7101 (13h às 15h); ou pelo email: juridico@seperj.org.br – segunda a sexta feira

A diretoria do Sepe aprovou, em seu recente seminário interno realizado no último final de semana, a moção a seguir:

Moção pela liberdade imediata do companheiro Daniel Ruiz!

Daniel Ruiz, reconhecido líder sindical petroleiro da região de Chubut e da direção do PSTU Argentino e da Liga Internacional dos Trabalhadores, foi arbitrariamente preso no dia 12/9. Esta prisão faz parte do processo de perseguição à Sebastián Romero, pela sua participação na luta dos trabalhadores argentinos contra a reforma da previdência em 18 de dezembro de 2017.

Mais uma vez, o Governo Macri persegue e prende aqueles que lutam ao lado dos trabalhadores e do povo. O companheiro Daniel acompanhava a luta heroica dos trabalhadores do estaleiro do Rio Santiago, na mobilização e nas ações que pressionaram contra o ajuste de Macri e Vidal. Também participava ativamente da organização dos protestos contra a reunião do G20 que acontecerá em Buenos Aires no início de dezembro de 2018.

Esta é a justiça que hoje detém Daniel Ruiz. A polícia revistou sua casa e foi detido na Divisão de Ameaças Públicas e Intimidações, na capital federal da Argentina. Daniel Ruiz está sendo preso pela sua incansável luta contra a aplicação das Reformas trabalhista e previdenciária!

O Sepe repudia firmemente a arbitrariedade e a prisão de Daniel Ruiz e exige sua imediata libertação. Chamamos ainda ao firme apoio e solidariedade todos as organizações sociais, sindicatos, partidos políticos e organizações de direitos humanos para denunciar esse fato e se somar na luta pela libertação imediata de Daniel Ruiz.

– Abaixo à repressão!

– Pelo fim das perseguições políticas aos lutadores e ativistas sindicais na Argentina, em particular ao companheiro Sebastian Romero!

– Pela imediata libertação do companheiro Daniel Ruiz!

0

Os profissionais da rede estadual farão uma greve de 24 horas, nesta quarta-feira (dia 19/9). Às 10h, a categoria realiza uma assembleia geral, no auditório da ABI (Rua Araújo Porto Alegre 71 – 9º andar). Na parte da tarde, a partir das 15h, será realizado um ato público com o conjunto do funcionalismo, com concentração na Candelária, seguido de passeata até a Alerj. 

0