Estadual, Sem categoria, Todas

ASSEMBLEIA VIRTUAL DA REDE ESTADUAL RATIFICOU A GREVE EM DEFESA DA VIDA

Em assembleia virtual realizada na quinta-feira (dia 18 de março), os profissionais de educação da rede estadual ratificaram por ampla maioria a continuação da greve em defesa da saúde e da vida. A votação foi iniciada ontem mas, por causa de problemas de instabilidade na plataforma virtual, a votação foi estendida até as 12h desta sexta-feira. Veja como foi a votação:

1ª pergunta:

Sobre a greve em defesa da saúde e da vida

(1) A assembleia da Rede Estadual aprova para a MANUTENÇÃO da GREVE EM DEFESA DA SAÚDE E DA VIDA contra o retorno presencial das atividades escolares mas com a manutenção das atividades remotas em home Office.
265 votos (91,4%) aprovaram a manutenção da greve em defesa da saúde e da vida

(2) A assembleia da rede estadual aprova a SUSPENSÃO da GREVE EM DEFESA DA SAÚDE E DA VIDA contra o retorno presencial das atividades escolares mas com a manutenção das atividades remotas em home Office.
7 profissionais (2,4%) votaram pela suspensão da greve

(3) Abstenção

18 profissionais (6,2%) se abstiveram

2ª pergunta

Sobre o formato das manifestações do SEPE durante a pandemia:

(1) Que o SEPE realize protestos presenciais contra o retorno presencial das atividades escolares, por reajuste salarial e pela pauta de reivindicações da categoria, mantendo o caráter simbólico das manifestações nos momentos de alta da pandemia, respeitando todos os protocolos sanitários.

107 (36,9%) dos profissionais votaram nesta proposta.

(2) Que o SEPE convoque protestos presenciais por reajuste salarial e pela pauta de reivindicações da categoria com ampla convocação e forme uma comissão sanitária para garantir os cuidados necessários durante essas ações.

29 (10%) votaram a favor desta proposta

(3) Que o SEPE não realize protestos presenciais durante a pandemia.

138 (47,6%) votaram nesta proposta.

(4) Abstenção.

16 (5,5%) se abstiveram.

3ª pergunta

Sobre a composição do Grupo de Trabalho REFORMA ENSINO MÉDIO NA SEEDUC aprovado em assembleia:

(1) Que o Grupo de Trabalho seja formado por 8 professoras(es) base já definidos em assembleia anterior + 1 professora(or) por área de conhecimento de base (4) + 3 diretores do SEPE. Total 15 membros. Dia 26/03 será realizada uma plenária com o mesmo tema.

172 (59,3%) profissionais votaram para que o Grupo de Trabalho seja formado por 8 professoras(es) base já definidos em assembleia anterior + 1 professora(or) por área de conhecimento de base (4) + 3 diretores do SEPE. Total 15 membros. Dia 26/03 será realizada uma plenária com o mesmo tema.

(2) Que o Grupo de Trabalho seja aberto.

Foram 91 votos (31,4%) para que o Grupo de Trabalho seja aberto, sem limites de participantes.

(3) Abstenção

Foram 27 (9,3%) abstenções

4) A assembleia da rede estadual também aprovou a participação dos profissionais da educação no Dia Nacional de Lutas, intitulado “Lockdown Nacional da Classe Trabalhadora”, convocado de forma unitária pelas Centrais sindicais,Frentes e movimentos sociais, que será realizado no dia 24 de março. Veja como foi a votação deste quesito:

A participação nessas atividades acontecerá:

– A favor de realização de paralisação integral (remota e presencial) da categoria:

184 votos (63,4%) a favor

– Contra a realização de uma paralisação integral (remota e presencial):

72 votos (24,8%) a favor

– Abstenções

34 (11,7%)