Agende seu atendimento pelo Departamento Jurídico do Sepe no fone: (21) 2195-0457 (10h às 16h).

A direção do Sepe enviou ofício para o secretário municipal de Educação, Renan Ferreirinha, solicitando audiência em caráter de urgência para discutir o agravamento da disseminação de casos da nova variante Ômicron do coronavírus na cidade do Rio de Janeiro.  O ofício, de número 004/2002, foi enviado no dia 18 de janeiro.

 

No documento (veja imagem), a direção do sindicato apresenta a preocupação da entidade e dos profissionais de educação da rede municipal a respeito do avanço da doença e da necessidade do reforço do estabelecimento de protocolos sanitários por parte da SME RJ, no sentido de proteger a categoria, alunos e demais integrantes da comunidade escolar dos riscos de contaminação. Também lembramos que o ainda incipiente processo de imunização das crianças de cinco a 11 anos e a adequação da estrutura das unidades escolares ainda não adaptadas é fundamental para o retorno das aulas no mês de fevereiro.

 

Veja na imagem o inteiro teor do ofício do Sepe para a SME RJ com a solicitação da audiência:

 

0

O Sepe Duque de Caxias solicitou ao DIEESE novo levantamento em relação às perdas salariais e recomposição salarial dos profissionais de educação de Duque de Caxias:

Reajuste salarial no período  de 2016 a 2021: 0,00%

INPC-IBGE acumulado no período 28,62%

 

Desta forma, a Reposição das Perdas salariais até 31 de dezembro de 2021 deveria ser de 22,25%, mas o necessário para termos

Reajuste Real em 01 de janeiro de 2022 é 28,62%.

 

Segundo o RGF-DEMONSTRATIVO DA DESPESA COM PESSOAL (LRF) do 2º Quadrimestre de 2021:

A RECEITA CORRENTE LÍQUIDA da Prefeitura de Duque de Caxias foi de R$ 3,4 bilhões e a DESPESA TOTAL COM PESSOAL foi R$ 1,35 bilhões.

 

Logo, ficamos com um índice de 39,63%, bem abaixo  dos 51,3% permitido pelo Limite Prudencial da  Lei de Responsabilidade Fiscal.

 

Com isso, podemos perceber que o município tem um folga orçamentária e fiscal de R$ 398 milhões, que poderia representar um crescimento de aproximadamente 29% na folha de pagamento do município.

 

Os dados comprovam que é perfeitamente possível garantir o reajuste ou reposição das perdas salariais.

 

Basta somente vontade política ao Prefeito Washington Reis (MDB) para impedir que o funcionalismo público continue acumulando perdas nos próximos anos.

 

O Sepe Duque de Caxias iniciará uma campanha de negociação para conquistar um reajuste que recomponha as perdas salariais dos últimos seis anos, agravadas pela crise econômica causada pela pandemia de Covid-19.

CLIQUE NO LINK ABAIXO PARA VER O VÍDEO DA DIREÇÃO DO SEPE CAXIAS SOBRE O ASSUNTO:

https://tinyurl.com/yumyuztx

0

Os profissionais da rede municipal de educação de Piraí estão denunciando a prefeitura que, ao contrário de todos os outros municípios do entorno, não está promovendo a imunização da categoria, nem apresentou até o momento um calendário de vacinação para os trabalhadores das escolas municipais.

 

Desde fevereiro, nem a prefeitura ou a Secretaria Municipal de Educação respondem aos ofícios enviados pelo Sepe Piraí, solicitando o estabelecimento imediato de um calendário de vacinação para o pessoal da Educação municipal. Além de não vacinarem os professores e funcionários da escola, o município não dialoga com o sindicato nem apresenta uma solução para o problema. O Sepe Piraí já foi informado de maneira verbal pela Secretaria Municipal de Saúde de que o órgão não poderia vacinar os profissionais de educação e deixar a população sem a segunda dose das vacinas.

 

Paralelamente, a Secretaria de Educação está convocando os professores para correções presenciais nas escolas.

 

A categoria está em greve das atividades presenciais desde 01/03 e por causa da falta de uma posição da prefeitura sobre a vacinação dos profissionais da rede municipal pode entrar em greve geral (atividades presenciais e remotas) a qualquer momento. Desde o dia 22 de maio, os profissionais da rede municipal de Piraí estão fazendo uma campanha com objetivo de sensibilizar a sociedade para a importância da vacinação da nossa categoria.

 

Veja detalhes da campanha pelo link: https://www.facebook.com/sepe.pirai 

0

O Sepe RJ realizou um ato simbólico de protesto na prefeitura do Rio de Janeiro no final da manhã desta quinta-feira (dia 10 de junho). O protesto em defesa da saúde e da vida contou com transmissão ao vivo pelas redes sociais do sindicato e foi marcado pela reivindicação dos profissionais das escolas municipais do Rio de Janeiro de fechamento das escolas, vacinação para todos e respeito da parte da prefeitura aos protocolos sanitários para a prevenção da covid-19, em momento de alta no número de casos e de ocupação de leitos de UTI.



0

A prefeitura de São Gonçalo está fechando turmas de primeiro segmento da EJA em 10 escolas da rede municipal. Num momento em que cada vez mais a educação pública sofre com o corte de verbas e falta de investimentos, a medida do governo municipal de São Gonçalo só pode ser vista com repúdio, pois representa um retrocesso nos direitos da população à educação pública de qualidade para jovens e adultos.Veja abaixo a relação de escolas que tiveram fechamento de turmas do primeiro segmento da EJA 2021.

 

C.M Ernani Farias

C.M. Estephania de Carvalho

C.M. Ireno Barbosa Ornelas

E.M. Leonor Correia

.E.M. Luiz Gonzaga

E.M. Prefeito Nicanor Ferreira Nunes

E.M. Raul Veiga E.M. Visconde de Sepetiba

E.M. Guaxindiba

E.M. Mário Quintana

0

Os secretários escolares das escolas da rede municipal do Rio de Janeiro realizaram um protesto na tarde desta terça-feira (dia 8 de junho) na porta da prefeitura. No ato, os secretários exigiram o pagamento imediato da gratificação por desempenho (GD), direitos, vacinas para todos, além de denunciarem a falta de cumprimento dos protocolos sanitários por parte do governo municipal nas escolas.
 

0

O Sepe informa aos profissionais de educação da rede municipal do Rio de Janeiro que as inscrições para a assembleia geral virtual da rede, que será realizada na próxima sexta-feira (DIA 11 DE JUNHO), às 17h, já se encontram abertas. Veja pelo link do site do Sepe como se inscrever para a plenária pela rede Zoom, que discutirá os rumos da greve em defesa da saúde e da vida:

 

PERÍODO DE INSCRIÇÃO: as inscrições já estão abertas e o término será às 22h da quinta-feira (dia 10 de junho)

 

a) A INSCRIÇÃO será feita por meio do seguinte LINK: https://rio.seperj.info/

b) Caso não esteja ainda cadastrado o profissional será encaminhado para preencher o formulário de cadastramento (será solicitado envio de contracheque digitalizado da rede em questão);

 

c) No prazo de até 24 horas será informada a aprovação (ou não) de seu cadastro;

 

d) Após a aprovação do cadastro o profissional receberá uma mensagem de e-mail com a confirmação da inscrição e link para ativação de sua senha (confira nas Caixas de Spam ou de Promoções);

 

e) No dia da assembleia o profissional devidamente cadastrado e com a senha ativada receberá por e-mail links de acesso a plataforma Zoom e para votação de propostas.


 

0

Em plenária virtual pela rede Zoom nesta segunda-feira (dia 7 de junho), a rede municipal do Rio de Janeiro decidiu pela continuação da greve em defesa da saúde e da vida, deflagrada desde o início de fevereiro/2021. Veja como foi a votação da categoria nesta assembleia:

1)

Sobre a greve em defesa da saúde e da vida:

159  votos  (65,7%):  A assembleia da Rede Municipal do Rio de Janeiro aprova para a MANUTENÇÃO da GREVE EM DEFESA DA SAÚDE E DA VIDA contra o retorno presencial das atividades escolares, mas com a manutenção das atividades remotas e de home Office.

42 votos (17,4%): A assembleia da Rede Municipal do Rio de Janeiro aprova a SUSPENSÃO da GREVE EM DEFESA DA SAÚDE E DA VIDA.

41 votos (16,9%): Abstenções.


2)

Sobre a participação no dia Nacional de Lutas, 19 de junho, pelo Fora Bolsonaro:

112 votos (46,3%): A Assembleia da Rede Municipal do Rio de Janeiro aprova divulgar a convocação do Ato Nacional do 19/06 #ForaBolsonaro#, com apoio estrutural e transmissão do ato.

94 votos (38,8%): Construir a Jornada de Luta do dia 19/06 na base do Sepe com as seguintes atividades:

08 a 18/06 – visita as escolas com boletins e distribuição de adesivos da campanha “Fora Bolsonaro! Vacina para todas e todos já!”;

Indicação de transporte para as regionais para o ato do dia 19;

Compra e distribuição de máscaras PFF2 para a categoria;

Organizar a coluna dos trabalhadores da educação no ato;

Conformar uma comissão sanitária responsável pela garantia de protocolos

36 votos (14,9%) Abstenções

 

3)

Sobre as assembleias da rede municipal do Rio de Janeiro:

Manter as assembleias virtuais, independentemente da greve, enquanto durar o quadro atual da pandemia.

222 votos (91,7%): Sim 

10 votos (4,1%): Não

10 votos (4,1%): Abstenção



0

A comunidade escolar da Escola Municipal Senador Corrêa, situada no bairro de Laranjeiras onde ocupa um prédio histórico e tombado pelo patrimônio lançou um abaixo assinado virtual pelo site Avaaz para reivindicar da prefeitura investimentos na conservação da infraestrutura do prédio da unidade. Hoje, a Senador Corrêa se encontra com a estrutura gravemente comprometida, com alguns pontos que ameaçam desabar a qualquer momento.

O abaixo assinado pode ser acessado pelo link abaixo:

https://secure.avaaz.org/community_petitions/po/excelentissimo_secretario_da_educacao_da_cidade_do_por_dignidade_na_educacao_e_valorizacao_de_patrimonio_historico/

Veja um vídeo denúncia da situação atual da EM Senador Corrêa pelo link do you tube:

0