destaque-home, Municipal, Todas

ASSEMBLEIA DA REDE MUNICIPAL DECIDE POR PARTICIPAR DA GREVE NACIONAL DOS SERVIDORES DIA 18/08 CONTRA A PEC 32

A assembleia on-line da rede municipal de educação do Rio de Janeiro, convocada pelo Sepe RJ nessa segunda-feira (09/08), decidiu participar da Greve Unificada Nacional dos servidores públicos das três esferas (Federal, Estadual, Municipal), em 18 de agosto, Dia Nacional de Lutas contra a PEC 32 (Reforma administrativa). Com isso, a categoria irá paralisar as atividades por 24 horas nesse dia 18 e participar dos atos convocados pelo movimento unificado.

A greve também será um protesto contra a privatização dos Correios, aprovada em projeto na Câmara dos Deputados esse mês, projeto este que ainda será debatido no Senado – os servidores e a sociedade em geral têm que pressionar os senadores a não aprovarem o projeto de privatização de mais um serviço essencial à população.

Por sua vez, os profissionais de educação levarão às ruas dia 18 a denúncia contra os ataques que esse governo federal está realizado à educação pública, com a implantação do “novo ensino médio” e a “Base nacional comum curricular”, que, entre outras, diminuem as cargas horárias de aulas dos alunos, acabando com a aplicação de diversas matérias. Além de causar desemprego aos professores e diminuir a qualidade do ensino público, a Reforma de ensino e a BNCC vão dificultar cada vez mais o ingresso da população de baixa renda na universidade, aumentando as desigualdades – leia aqui o relatório do GT do Sepe sobre os malefícios da reforma do ensino médio.

Com isso, a assembleia da rede municipal RJ deliberou, dia 9, da seguinte forma, em votação on-line:

127 votos 73,8% A – paralisar as atividades no dia 18 de agosto

22 votos 12,8% B – não paralisar

23 votos 13,4% C – abstenção

O Sepe convoca a categoria a participar dos atos, na capital. A rede estadual fará assembleia dia 12 e irá discutir a participação também.

Em breve, divulgaremos o calendário de lutas.

Author


Avatar