destaque-home, Estadual, Todas

REFORMA DO ENSINO MÉDIO: CARTA MANIFESTO DO CIEP CORA CORALINA ENVIADA À METROPOLITANA V

O Sepe RJ publica abaixo uma carta manifesto dos professores do Ciep 032 Cora Coralina, enviada para a Coordenadoria Metropolitana V da SEEDUC, expressando seu repúdio à Reforma do Ensino Médio que a SEEDUC quer implementar na rede estadual de educação.

À Metropolitana V

CARTA-MANIFESTO

Nós, professores das áreas de Arte, Biologia, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Língua Estrangeira, Língua Portuguesa, Matemática, Química e Sociologia do CIEP 032 – Cora Coralina, da Metropolitana V, vêm por meio desse documento manifestar nosso repúdio à reforma do Ensino Médio que a SEEDUC/RJ está implementando na rede estadual.

Em plena Pandemia a mesma está impondo ações relativas a essa Reforma com prazos determinados, como o formulário/questionário que foram enviados para as escolas solicitarem aos professores o preenchimento em um curto período de tempo, sem tempo para a categoria debater com a comunidade escolar e chegar num consenso. Alguns docentes chegaram a iniciar o preenchimento do questionário/formulário, mas após um intenso debate entre equipes de diferentes áreas, definimos que NÃO DEVEMOS concluir pelas seguintes razões:

 

  • O prazo determinado pela SEEDUC/RJ para entrega do formulário/questionário é extremamente curto. Não há tempo hábil de debater com a categoria e compreender o motivo real dessa pressão;

 

  • Pelo adiamento da consulta da SEEDUC. Por uma conferência estadual de educação, com debate democrático com a categoria;

 

  • Somos contra à precarização da educação que essa Reforma do Ensino Médio irá trazer para escola pública;

 

  • Somos contra as parcerias público-privadas, que essa reforma possibilita, dinheiro público deve ser investido nas escolas públicas;

 

  • Somos contra o agrupamento de disciplinas em ciências humanas e sociais aplicadas. Somos a favor da permanência curricular por área de conhecimento em que todas as disciplinas devem ser obrigatórias, sem que nenhuma disciplina tenha menos de 2 tempos! (Cada matrícula uma escola);

 

  • Consideramos o documento engessado e extremamente conteudista, sem espaço para qualquer ação docente. Além disso, não é considerada a realidade nem o contexto social específico da comunidade escolar;
  • Somos a favor do direito à educação para todos e não o direito a aprendizagem como está no texto dessa reforma;

 

  • Defender a autonomia pedagógica – Que as escolas tenham autonomia para estruturar o Ensino Médio;

 

  • Contra o notório saber.

Sem mais,

Professores do CIEP 032 Cora Coralina.

Duque de Caxias/RJ, 27 de maio de 2021.



Author


Avatar