Municipal, Sem categoria, Todas

SEPE ENVIOU NOTIFICAÇÃO EXTRAJUDICIAL PARA A IPTV

O Departamento Jurídico do Sepe enviou nesta terça-feira (dia 09/3) uma notificação extrajudicial para a empresa IPTV, que presta serviços para a Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro, especialmente no que tange aos serviços de ensino remoto pelo aplicativo RioEduca em Casa. O Sepe pediu esclarecimentos à IPTV a respeito dos procedimentos relativos ao tratamento dos dados pessoais dos profissionais de educação, de forma que seja possível apurar uma eventual irregularidade ou deficiência do sistema utilizado e, assim, defender de forma antecipada os interesses da categoria.

O Sindicato tem recebido denúncias dos profissionais usuários do sistema a respeito de invasões em suas contas na plataforma oficial de ensino remoto da rede municipal de Ensino. A notificação enviada hoje para a empresa contratada pela prefeitura para gerenciar o aplicativo tem o objetivo de saber quais são os procedimentos de segurança utilizados pela empresa e se existem falhas no programa que possibilitem o acesso indevido aos dados dos profissionais que utilizam seus conteúdos.

A empresa acusou o recebimento da notificação do Sepe, em comunicado enviado no início da tarde de hoje e se comprometeu em apresentar uma resposta no mais breve prazo possível (veja na imagem o comunicado enviado ao Sepe pela IPTV). O Sindicato já questionou a SME RJ sobre os motivos do governo municipal ter contratado uma empresa privada para a prestação deste tipo de serviço e defende a utilização de plataformas públicas e oferta de melhores meios de conectividade para todos os professores e estudantes da rede municipal do Rio de Janeiro.

Orientamos a categoria a denunciar qualquer tipo de invasão das suas contas ou problemas de segurança com relação aos seus acessos ao IPTV. 

Veja o infográfico preparado pelo DJ do Sepe com orientações sobre como proceder em caso de invasão na conta do seu aplicativo de ensino remoto.