Agende seu Atendimento Virtual pelo Departamento Jurídico do Sepe nos fones: (21) 99992-4931 (9h às 11h); (21) 97133-7101 (13h às 15h); ou pelo email: juridico@seperj.org.br – segunda a sexta feira

Acaba de ser divulgado pelo Sepe o relatório de 23/08 da situação das escolas da rede municipal do Rio de Janeiro, tendo em vista a pandemia do coronavírus. O relatório é baseado nas denúncias dos profissionais da educação.

Neste novo relatório, o Sepe informa que 76 escolas vêm sendo mantidas abertas pela SMERJ, mesmo com casos ou suspeitas de covid-19 nas respectivas comunidades escolares – no levantamento anterior, de 19/08, eram 49 escolas; o do dia 17/08 relatava 31 escolas. Com isso, se comprova um crescimento, dia a dia, da contaminação pela doença na comunidade escolar.

O Sepe reivindica o fechamento imediato das escolas com casos de covid.

O sindicato também reivindica que o governo municipal feche todas as escolas até que a campanha de vacinação alcance um grau massivo de imunização da população e o município saia da bandeira vermelha (risco alto de contágio, fase em que se encontra atualmente, como de resto toda a Região Metropolitana, agravando a situação).

O levantamento do Sepe foi enviado para a SME, em ofício direto ao secretário Renan Ferreirinha.

Nessa segunda-feira (23/08), a vacinação contra o covid para os(as) adolescentes de 15 a 17 anos no município RJ, prevista para começar hoje, foi suspensa “devido à quantidade ainda insuficiente de doses”, segundo informa o site da prefeitura; as doses são entregues aos estados e município pelo Ministério da Saúde. Assim, uma importante faixa dos estudantes matriculados na rede pública ainda não tomou a primeira dose, apesar de já estarem tendo aulas presenciais nesse 2º semestre.

Leia o relatório do covid nas escolas municipais RJ 23/08.

Denuncie os casos de covid em sua escola.

0