Agende seu Atendimento Virtual pelo Departamento Jurídico do Sepe nos fones: (21) 99992-4931 (9h às 11h); (21) 97133-7101 (13h às 15h); ou pelo email: juridico@seperj.org.br – segunda a sexta feira

O Sepe procurou um grupo de vereadores da bancada de oposição na Câmara Municipal do Rio de Janeiro para denunciar uma série de sanções que estão sendo efetuadas contra profissionais da rede municipal que se encontram fazendo a greve em defesa da saúde e da vida. Estas punições, que incluem descontos de salário, inquéritos administrativos, exclusão de professores da plataforma online, além de direções de escolas que estão sendo obrigados a assumir turmas de professores grevistas.

Também apresentamos aos vereadores a denúncia sobre casos de escolas que estão sendo mantidas abertas mesmo com casos confirmados de covid-19 e solicitamos a intervenção imediata dos parlamentares junto ao secretário municipal de Educação, Renan Ferreirinha.

Nesta quarta-feira (dia 19/5), 10 vereadores integrantes das bancadas do PSOL e do PT enviaram um comunicado ao secretário Ferreirinha, solicitando uma reunião em caráter de urgência entre eles, a SME e uma representação do Sepe RJ, com objetivo de discutir uma solução para as punições e os problemas nas escolas denunciados pela categoria.

0